ÔĽŅ

NOT√ćCIAS

Desenvolvimento Social e Habitação PUBLICADO EM: 04/08/2020

Violência contra a mulher não tem desculpa, tem consequência

No dia 07 de agosto a Lei Maria da Penha, de 2006, faz aniversário e o tema da violência contra a mulher parece nunca ter sido tão atual. A campanha Agosto Lilás foi criada em alusão ao aniversário da Lei, para defender os direitos da mulher em situação de violência.

O Brasil ocupa hoje o 5º lugar no mundo no ranking de violência doméstica e enquanto isso acontecer, o debate deve permanecer em pauta, situação reforçada pela elevação atual das estatísticas segundo o Instituto Maria da Penha.

A arma mais eficaz para combater os tipos de violência é a informação. Casos e situações de violência contra a mulher podem ser denunciadas ainda que a vítima não faça o boletim de ocorrência, por parentes, vizinhos, amigos, ou desconhecidos, através do Ligue 180.

Cumpre esclarecer que após mudanças recentes na Legislação, a investigação não pode mais ser interrompida, ainda que a vítima desista da ação.

O Ligue 180, central de atendimento à mulher, funciona 24 horas por dia, é gratuito e confidencial. O canal recebe as denúncias e esclarece dúvidas sobre os diferentes tipos de violência aos quais as mulheres estão sujeitas.

COMPARTILHAR: